Blog

7 dicas para compra segura do seu imóvel

Fique atento a detalhes que fazem toda diferença na aquisição do seu patrimônio

Muitos brasileiros sonham com a casa própria e se organizam por anos para o grande e tão esperado dia de finalmente escolher seu imóvel e dar entrada no financiamento. Mas é bom não se deixar levar apenas pela emoção e ficar atento a alguns detalhes cruciais que podem fazer seu grande dia virar um uma enorme frustração.

1- Forma de pagamento:

Para que você tenha um parcelamento tranquilo, o ideal é que o financiamento não comprometa mesmo os 30% de sua renda total. Além disso, uma segurança a mais é guardar se possível cerca de 50% do valor do imóvel em depósito de FGTS, poupança ou outras aplicações.

 

2- Escolha Uma Construtora Idônea:

Peça o número de CNPJ e consulte o Procon, Reclame Aqui, entre outros órgãos. Levante informações sobre a incorporação do imóvel, dados de registro no CREA dos engenheiros e arquitetos responsáveis. Verifique ações civis, trabalhistas, criminais, débitos junto à prefeitura, além da situação dos corretores no CRECI.

 

3- Valores A Serem Pagos

Leia todo o contrato, fique de olho principalmente à clausulas que correspondem ao pagamento de débitos. Muitos mutuários acabam pagando taxas abusivas como SATI e corretagem que são cobranças ilegalmente por algumas empresas.

 

4- Documente Tudo!

Tudo é válido como documentação: folders, fotos da maquete, anúncios, fotos do estande. Guarde tudo, pois caso haja alguma irregularidade você terá como provar.

 

5- Casas Ou Apartamentos Usados

Se optar pela compra de um imóvel antigo, é importante verificar se ele não está ocupado.   Converse com vizinhos, visite o local, levante todos os dados possíveis, pois caso o imóvel esteja sendo ocupado e a pessoa não quiser sair, você terá que entrar com ação na justiça e isso pode levar um tempo, além de gerar uma bela dor de cabeça.

 

6- Datas, Juros e Multas

Fique atento ao termo de compra do imóvel, verifique se consta a data de entrega da obra e definição de multa em caso de descumprimento. Essa multa pode ser cobrada por ambas as partes em caso de atrasos, e deve ser no mínimo 2%. Observe sempre a discriminação de formas de pagamento, além de metragens do empreendimento.

Lembre-se de separar sempre uma verba para o pagamento de despesas do cartório e documentações.

 

7- Acompanhamento De Obras

Durante a construção do imóvel, você pode formar ou fazer parte da “Comissão de Representantes”, que basicamente é composta por futuros moradores dos empreendimentos que poderão acompanhar mais de perto o andamento da obra, tomando conhecimento dos materiais que estão sendo utilizados, até o cumprimento total do cronograma.

 

Basta tomar atitudes simples para evitar muita dor de cabeça. Fique de olho nesses itens básicos e realize seu sonho de forma tranquila e segura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *