Blog

06 Erros Mais Comuns Ao Comprar Um Imóvel

Realizar o sonho de comprar um imóvel pode se tornar um verdadeiro
pesadelo quando você não se atenta a detalhes importantes.

Você escolheu o imóvel dos seus sonhos mas, algumas vezes um detalhe ou outro pode fazer toda a diferença sem que você perceba de primeira e o que antes era um sonho, se torna um pesadelo!.

Saiba como evitar problemas conhecendo os erros mais comuns que as pessoas cometem na compra de um imóvel:

 

1-  Não Confirmar Se A Pessoa Que Está Vendendo É O Proprietário legítimo do Imóvel 

Cuidado com os golpes! Pessoas se passando pelo tio, sogro, filho, esposa e afins do dono do imóvel ou até mesmo fingindo ser o proprietário do imóvel, quando na verdade não é..

A forma mais assegurada de você se respaldar é exigir a matrícula do imóvel em cartório e os documentos originais daquele que se diz proprietário.

O cartório de registro cobra uma pequena taxa por esses documentos, no entanto isso evita muita dor de cabeça futuramente.

 

2-  Não Verificar Se o Imóvel Realmente Pode Ser Vendido

Mais uma vez vamos ressaltar a importância de ir ao cartório de registros verificar a situação do imóvel, pois existem algumas situações em que o imóvel não pode ser vendido, como por exemplo, quando o bem está alienado em garantia de uma dívida. Neste caso ele não pode ser vendido.

 

3- Não Verificar Se o Proprietário Está Respondendo a Algum Processo Judicial

Muito importante verificar se o proprietário do imóvel responde à algum processo ou possui dívidas em seu nome.

Muitas vezes, em casos como esse, pessoas má intencionadas, a sua primeira reação é se desfazer de seus bens a fim de fraudar os credores que desejam receber o que lhe é de direito. Quando o proprietário, devedor, se desfaz do seu patrimônio nessa circunstância, a venda realizada é tida como nula ou anulável, ou seja, você, comprador de boa fé, irá perder o imóvel que acabou de comprar pelo simples fato de não ter tomado as devidas precauções para realizar esse tipo de aquisição.

Verifique se a pessoa possui dívidas com o município, com o governo e receita federal, justiça do trabalho, INSS, bancos, financeiras e etc. TUDO! E evite dores de cabeça e perda de dinheiro.

 

4- Comprar um imóvel incompatível com sua realidade financeira

Muitas pessoas acabam comprando um imóvel, levando em conta apenas o preço da parcela, isto é um erro.

Por mais que o valor da parcela caiba no seu bolso, você deve se lembrar que ela não está vinculada a um valor fixo. É preciso levar em consideração fatores importantes, como:

  • Correção e impostos: além da incidência de impostos, o valor da parcela é corrigido periodicamente.
  • Anos de financiamento: o valor financiado está sujeito à correção monetária e incidência de impostos, então, o valor inicial de quando você realizou a compra não será o mesmo até o final da parcelas, podendo te submeter ao pagamento prolongado de parcelas que parecem intermináveis. Quando você for ver, pagou quase que o dobro do valor do imóvel adquirido.
  • Intermediária e chaves: muita gente acha que deverão pagar apenas as parcelas de baixo valor até quitar o imóvel. Não se esqueça que durante o pagamento das parcelas, tem as chamadas intermediárias que representam valor altos e a entrega das chaves, que também será um montante alto a ser pago para ingressar no imóvel assim que concluído.
  • Mudança de bairro: O custo de vida entre um bairro e outro pode ter uma enorme diferença e tornar o seu orçamento até mais apertado.
  • Lazer e Conveniência: Essas duas coisas juntas significam que no fim das contas você terá um custo maior de condomínio e menos dinheiro sobrando.

 

Tudo isso impacta em sua qualidade de vida. É preciso fazer conta antes de assinar o contrato de financiamento.

 

5- Assinar o Contrato Sem Ler 

Sim, ainda existem muitas pessoas que fazem isso, que apenas confiam no que as outras estão dizendo ou que não tem paciência de ler o contrato até o final, ou ainda que se sentem pressionadas e querem assinar rápido por vergonha ou ansiedade.

É muito importante ler todo o contrato por mais desgastante que seja, e fazer perguntas mesmo que a dúvida pareça boba. Lembre-se que é a segurança de um investimento de toda uma vida que está em jogo e é muito importante ter também uma cópia de tudo.

 

6- Se deixar levar totalmente pela emoção 

Muitas vezes nos apaixonamos por um imóvel e por isso ficamos cegos, e minimizamos algum problema ou outro que notamos para tornar aquilo possível. Mas depois, quando nos mudamos ficamos incomodados e insatisfeitos.

Pra não se perder totalmente e ser ludibriado pelas próprias emoções é importante levar amigos e familiares para acompanhar o processo de compra. Eles serão as pessoas que te ajudarão a por os pés no chão e analisar racionalmente o empreendimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *